Vídeo mostra revolta de homem em UPA superlotada do DF

Ao ver mulher caída no chão, ele começou a gritar na recepção da unidade de Samambaia Sul: “Falta de respeito. Revoltante”

Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra uma confusão na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Samambaia Sul, no último sábado (25/01/2020).

Nas imagens, um homem se revolta ao ver a dona de casa Silvana Santos caída no chão, depois de ter uma crise convulsiva. “Olha a situação de uma pessoa que usa marca-passo e caída no chão. Falta de respeito. Revoltante”, gritava.

O vídeo foi divulgado pelo Samambaia News, no Facebook, e causou muita indignação entre os internautas.

O outro lado

Em nota, o Iges-DF, que cuida da gestão das unidades de pronto atendimento no DF, disse que a paciente “foi imediatamente atendida na sala vermelha no momento em que parecia ter uma crise convulsiva. Porém, após avaliação médica, foi descartado o quadro de crise epiléptica”.

O instituto ressaltou também que, durante a classificação de risco feita pela equipe de enfermagem, “não houve queixas de ordem neurológicas ou de outros sintomas que justificassem a possibilidade de crise convulsiva”. “Ela foi até a UPA, inicialmente, com queixa de dores nas costas e ardência para urinar”, assinalou.O Iges afirmou ainda que foram feitos todos os exames necessários, aplicada medicação para controle da dor e a mulher acabou liberada após os resultados e reavaliação médica.“Esclarecemos que a UPA estava superlotada e, neste caso, a prioridade do atendimento é para pacientes classificados como vermelho e laranja. Nessa situação, os atendimentos para os demais pacientes podem demorar um pouco mais que o normal. Esclarecemos ainda que  escala de médicos contava com três profissionais no momento da ocorrência”, concluiu.

Fonte de notícias: https://www.metropoles.com

Diário da RIDE o povo em primeiro lugar!!!





Comentários no Facebook