PCDF prende dupla que filmava cenas de sexo e depois extorquia vítimas

IMG-20200716-WA0015

Um dos alvos dos bandidos é morador do Sudoeste e foi coagido pelos dois a pagar R$ 30 mil para que os vídeos não fosse vazados

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagrou, nessa quinta-feira (30/7), a operação Ponte Aérea. A ação resultou na prisão de dois homens, com 22 e 25 anos, suspeitos de extorquir outros homens a partir de ameaças de vazamento de vídeos e fotografias íntimos.

A investigação é de autoria da 3ª Delegacia de Polícia (Cruzeiro) e teve origem em ocorrência registrada por um morador do Sudoeste. A vítima conta que teve R$ 30 mil subtraídos pela dupla.

Segundo o delegado-chefe da 3ª DP, Ricardo Viana, os dois suspeitos combinavam encontros amorosos e programas sexuais com seus alvos em hotéis e motéis.

“Nos locais, gravavam, clandestinamente, vídeos e imagens das vítimas. Após o ato, os suspeitos as surpreendiam e as ameaçavam com emprego de faca, subtraindo seus pertences e exigindo o fornecimento de cartões de banco e respectivas senhas”, explicou Viana.

As investigações duraram 7 meses. Os dois homens são suspeitos de agir em outras unidades da Federação, incluindo Rio de Janeiro e São Paulo, onde foram presos.

Foto suspeito polícia civil
foto suspeito polícia civil
Algemas

Fonte de notícias: https://www.metropoles.com

Diário da RIDE “A notícia tem dois lados mas uma só verdade”





Comentários no Facebook