Homem que matou amigo para roubar dinheiro e violão é preso pela PCDF

Durante a execução do roubo, a polícia descobriu que a vítima acordou e acabou sendo executada com pancada na cabeça e asfixia

Policiais da 19ª Delegacia de Polícia (P Norte) deflagraram a Operação Aplistía, na manhã desta segunda-feira (24/5), para prender suspeitos de roubar e matar um motorista de aplicativo.

Foram expedidos dois mandados de prisão e dois de busca e apreensão contra os principais investigados pela morte do motorista Valterson Nunes da Silva. O crime ocorreu em 4 de abril deste ano.

Segundo as investigações, os autores, amigos da vítima, arquitetaram o plano para roubar o dinheiro que o homem guardava em casa. Silva pretendia comprar um veículo modelo Fiorino para trabalhar fazendo entregas e deixar o seu emprego de motorista de aplicativo em segundo plano.

Indícios apontam que os homens foram beber cerveja na casa da vítima. Eles colocaram remédio na bebida para que Valterson Silva dormisse e pudessem subtrair o dinheiro. Durante a execução do roubo, a polícia descobriu que o motorista acordou e acabou sendo executado com pancadas na cabeça e asfixia.

O corpo foi encontrado em um local ermo próximo ao condomínio Gênesis, no Sol Nascente. Além do dinheiro, os criminosos teriam levado o carro, um botijão de gás, celular e o violão da vítima.

A roupa usada por um dos autores no dia do crime foi apreendida na operação desta segunda. Um dos autuados, identificado como Leandro Linhares da Silva, não foi encontrado em sua residência e é considerado foragido. Quem tiver informação sobre o suspeito pode entrar em contato com a PCDF por meio do 197. O sigilo é garantido.

Leandro Linhares da Silva

Fonte de Notícias: https://www.metropoles.com

Diário da RIDE “A notícia tem dois lados mas uma só verdade”





Comentários no Facebook