DF: morre ciclista atropelado por motorista embriagada e sem CNH

A condutora do veículo tem 24 anos foi colocada em liberdade, sem fiança, após passar por audiência de custódia

O ciclista atropelado por uma motorista embriagada na DF-459, via que liga Ceilândia a Samambaia, morreu na manhã desta segunda-feira (27/01/2020). Jailson Barbosa, 34 anos, estava internado em estado grave no Hospital Regional de Ceilândia (HRC) desde sábado (25/01/2020).

A mulher que conduzia o veículo, identificada como Luzia Ferreira de Assis, 24, apresentava sinais de embriaguez e não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ela foi presa em flagrante e levada à 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia).

A motorista, no entanto, acabou solta, sem fiança, no dia seguinte ao passar pela audiência de custódia. Segundo a juíza Luciana Gomes Trindade, “a conduta em si não causou significativo abalo da ordem pública nem evidenciou periculosidade exacerbada da sua autora.”

A magistrada ponderou ainda que o fato é “abstratamente” grave, mas que não há circunstâncias fáticas concretas que justifiquem a prisão do condutora”.

Além disso, a magistrada destacou que a motorista tem residência fixa e trabalha. “Não há indicativos concretos de que pretenda furtar-se à aplicação da lei penal, tampouco que irá perturbar gravemente a instrução criminal. Ainda registre-se que a autuada é primária e portadora de bons antecedentes”, completou.

Desse modo, a juíza entendeu que a liberdade provisória é a medida “adequada” à situação. Luzia terá que comparecer a todos os atos do processo; está proibida de ausentar-se do Distrito Federal por mais de 30 dias, a não ser que autorizado pela Justiça; não pode também mudar de endereço sem comunicação do juízo natural e obrigada a comparecer mensalmente à Justiça.

Outro caso
Também neste fim de semana, um adolescente de 18 anos morreu enquanto trocava o pneu do carro. Ele foi atropelado por um motorista embriagado. O caso ocorreu na BR-020, próximo ao balão do Colorado.

De acordo com o Boletim de Ocorrência feito pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), a vítima, Gabriel Jorge Neves de Jesus, veio a óbito logo após ser atingido pela VW Amarok. Já o condutor, bêbado, que estava com CNH vencida e suspensa, nada sofreu. Ele ainda tentou fugir do local do acidente, mas pessoas que presenciaram o fato não deixaram.

Fonte de notícias: https://www.metropoles.com

Diário da RIDE o povo em primeiro lugar!!!





Comentários no Facebook